ESC 2018: RTP é das estações mais pobres na Europa


Nuno Artur Silva, administrador da Rádio e Televisão de Portugal (RTP), admitiu que a estação pública é a terceira mais pobre da Europa, a seguir à da Roménia e da Albânia.

Em entrevista à Visão, Nuno Artur Silva falou do desafio que é organizar o Festival Eurovisão da Canção 2018 e que não acha piada às limitações de orçamento da RTP. No entanto, afirma que não se vai tratar de uma dor de cabeça para a estação, já que "A RTP tem a tradição de estar à altura dos grandes desafios. Claro que temos restrições orçamentais, a seguir à Albânia e à Roménia somos a estação pública europeia com menos dinheiro. A Eurovisão é o maior evento de entretenimento a seguir à Liga dos Campeões, tem mais espectadores do que o Super Bowl americano, estamos a falar de um público potencial de 200 milhões, fora as redes sociais. Envolve 42 delegações, 1500 jornalistas durante 15 dias, visitantes de todo o mundo, é uma escala enorme. O género Eurovisão, em termos musicais, não é muito conceituado, mas em termos de espetáculo televisivo, sim. Organizá-lo é puxar a televisão pública portuguesa para a linha da frente da produção."

No entanto, a RTP aposto no mote "fazer mais com menos". Apesar de ter noção de que o festival não se faz sem "fogo de artifício", Nuno Artur Silva considera que é possível fazê-lo com rigor orçamental e convocando todos os parceiros para comporem o financiamento. 

Sobre a escolha de Lisboa como cidade anfitriã do Festival Eurovisão da Canção 2018, Nuno Artur Silva afirmou que "Há toda uma série de atividades à volta. O festival será no Parque das Nações e no Terreiro do Paço, que acolherá o Village, uma área de atividades paralelas ao festival. Estes serão os dois pólos fortes do festival, entre outros sítios à beira-rio. O critério de escolha tem a ver com a capacidade da cidade em termos turísticos. Há uma série de exigências relacionadas com capacidade hoteleira, oferta cultural, entretenimento, lazer, proximidade do aeroporto… Foi uma proposta nossa, mas teve de ser aprovada pela Eurovisão. Avaliámos várias cidades e equipamentos possíveis, todos a norte, e daí resultou que a final do Festival da Canção da RTP será em Guimarães."

Fonte/Imagem: ESCPortugal




Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.