JESC 2016: Bielorrússia escolhe Alexander Minyonok como representante


Esta noite realizou-se a final nacional da escolha do representante da Bielorrússia para o Festival Eurovisão da Canção Junior 2016 (JESC 2016). 

O vencedor foi eleito por 50% dos votos do público e outros 50% de votos de um júri profissional.

Este foi o alinhamento das atuações:

Mariya Magilnaya – "Zvuk Tishiny"
Show-group So-Ni-Ka – "Pesenka Moya"
Elena Titova – "Ne Prosto Tak"
Yuliya Mozhilovskaya – "Ver v Sebya"
Stefaniya Sokolova – "Color Game (Tsventnaya Igra)"
Group “Neskuchniy vozrast” – "Tyts Tyts"
Mariya Zhilina – "Vpripryzhku"
Zinaida Kupriyanovich – "Kosmos"
Olga Konovalova – "Serdtsa Bit"
Alexander Minyonok – "Muzyka Tvoikh Pobed"

Veja a música do vencedor - Alexander Minyonok e "Muzyka Tvoikh Pobed":


Imagem: oikotimes.com/ Vídeo: kids' music
26/08/2016

Ucrânia: continua o drama da escolha da cidade anfitriã do ESC 2017


Borislav Bereza, um membro do Parlamento ucraniano,  afirmou que a cidade anfitriã do Festival Eurovisão da Canção 2017 (ESC 2017) será Odessa, no entanto, o vice-primeiro-ministro Vyacheslav Kyrylenko afirma que a revelação só será feita em setembro. 

O vice-primeiro-ministro acrescentou ainda numa entrevista ao canal 5: "A situação é um pouco não-saudável, mas não é crítica. A cidade será eventualmente determinada. Eu não quero estar à frente de vocês, porque ninguém sabe ainda qual será a cidade-anfitriã, mas será a cidade ucraniana que estará melhor preparada para o concurso".

De acordo com Kyrylenko, a razão do atraso do acordo é o facto de eles não quererem errar na sua escolha. Não quis revelar a sua escolha favorita, mas afirmou que o anúncio da mesma será feito pelo primeiro-ministro, na altura certa. 

A Ucrânia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 2003 e já ganhou por duas vezes: em 2004, com Ruslana e a canção "Wild Dances", e em 2016, com Jamala e a canção “1944”, alcançando um total de 534 pontos. 

Recorde a atuação vencedora do ESC 2016 - Jamala e "1944": 


Fonte e Imagem: oikotimes.com/ Vídeo: Eurovision Song Contest
26/08/2016

[ESPECIAL]: as reações ao sismo em Itália das estrelas eurovisivas


O Mundo e, especialmente, a Europa, está de novo abalada, desta vez com o sismo que se fez sentir em Itália na passada quarta-feira em em Úmbria, Lazio e Marche.

O número de mortos tem aumentado exponencialmente, como aliás é costume nestas tragédias naturais, e já ultrapasssou os 120. O terramoto de magnitude 6,2 destruiu património e tem dificultado as buscas nos escombros, mas a Europa uniu-se para ajudar, monetariamente e com mão de obra. Também os artistas eurovisivos se juntaram e prestaram o seu apoio através das redes sociais, mostrando que estão atentos a esta tragédia.

Ignazio Boschetto (Itália 2015)

Gianluca Ginoble (Itália 2015)
Emma Marrone (Itália 2014)

Marco Mengoni (Itália 2013)

Raphael Gualazzi (Itália 2011)

Nek (SanRemo 2015) 

Arisa (SanRemo 2016) 

Fausto Leali (Itália 1989)


Jalisse (Itália 1997)


Enrico Ruggeri (Itália 1993)

Dolcenera (SanRemo 2016)

Dear Jack (SanRemo 2015 e 2016)

 Fonte/Imagem: Wiwibloggs
25/08/2016

ESC 2017: Dnipro está fora da corrida!


O diretor-geral da Natsionalna Telekompaniya Ukrainy (NTU), emissora nacional da Ucrânia, deu a entender que Dnipro está fora da corrida para organizar o Festival Eurovisão da Canção 2017.

Depois de mais um adiamento do anúncio da cidade que vai receber o Festival Eurovisão da Canção 2017, Zurab Alasania, diretor-adjunto da NTU, colocou na sua conta do Facebook que "duas cidades estão numa corrida cabeça a cabeça: Kiev e Odessa", o que sugere fortemente a retirada de Dnipro desta corrida.

A retirada da cidade não é de todo surpresa, já que Borys Filatov, presidente da Câmara de Dnipro, têm vindo a ameaçar com esta mesma retirada, criticando a demora no processo de selecção da emissora ucraniana e lamentando o tempo que se tem perdido e que podia ser utilizado para a organização do festival. No entanto, e após mais um adiamento, não existe uma nova data para o anúncio.

Fonte/Imagem: ESCPortugal
25/08/2016

ESC 2017: International Exhibition Centre é o local mais apropriado


No início deste mês, o diretor geral da NTU, Zurab Alasania, rejeitou a proposta de Kiev para hospedar o Festival Eurovisão da Canção 2017 (ESC 207) dentro do degradado Sports Palace

O diretor afirmou numa entrevista à Expresso TV: O Sports Palace está completamente desatualizado, assim como a nível técnico", ainda acrescentou "Kiev ainda tem vindo a oferecer, mas esta opção foi rejeitada. O estádio Olímpico também foi considerado, como inicialmente havia três propostas do seu lado. Por agora, estamos a olhar para o International Exhibition Centre."

Neste momento, o International Exhibition Centre é o local mais indicado para sediar o ESC 2017. No entanto, ainda não há confirmações e aguarda-se uma decisão final. 

A Ucrânia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 2003 e já ganhou por duas vezes: em 2004, com Ruslana e a canção "Wild Dances", e em 2016, com Jamala e a canção “1944”, alcançando um total de 534 pontos.
Recorde a atuação vencedora no ESC 2016 - Jamala e "1944":


Fonte: Wiwibloggs.com/ Imagem: iec-expo.com.ua/ Vídeo: Eurovision Song Contest
24/08/2016

OGAE Song Contest 2016: conheça todos os concorrentes


O concurso online OGAE Song Contest 2016 está oficialmente aberto e a concurso estão 28 canções de diversos países.

As canções apresentadas foram editadas nos últimos 12 meses e são cantadas na língua materna dos respetivos países. Há duas estreias, nomeadamente a da Hungria e da Austrália. Portugal é representado por Mariza.

A organização do concurso compete à OGAE França. após ter vencido a edição do ano passado. Estas são as canções a concurso:


1. Chipre - Anna Vissi - "Ξανά Μανά"
2. Portugal - Mariza - "Melhor de Mim"
3. Noruega - Freddy Kalas - "Jovial"
4. Resto do mundo - The Monkees - "You Bring The Summer"
5. Rússia - Dina Garipova - "Күңел"
6. Bielorrússia  - Iowa - "140"
7. Dinamarca - Rasmus Seebach - "Farlig"
8. Armenia - Sirusho - "Mi Togh Indz Menak"
9. Turquia - Denize Bıraksam - "Göksel"
10. França - Amir - "On Dirait"
11. Hungria - Kati Wolf - "Szabadnak Lenni"
12. Eslovénia - Eva Boto - "Kaj Je To Življenje"
13. Polónia - Sylwia Grzeszczak - "Tamta dziewczyna"
14. Sérvia - Marija Šerifović - "Sama i Nervozna"
15. Ucrânia - ONUKA - "Vidlik"
16. Alemanha - Oonagh feat. Oomph! & Santiano - "So still mein Herz"
17. Chéquia - Sebastian - "Toulavá"
18. Suécia - Lena Philipsson - "Jag är ingen älskling"
19. Irlanda - Enya - "Echoes of Rain"
20. Bélgica - Bazart - "Goud"
21. Itália - Francesco Gabbani - "Amen"
22. Macedónia - Daniel Kajmakoski - "10 Leta"
23. Reino Unido - Adele - "Hello"
24. Grécia - Helena Paparizou - "Misi Kardia"
25. Austrália - Delta Goodrem - "Wings"
26. Finlândia - Robin featuring Softengine - "Salamatie"
27. Andorra - Mónica Guech - "Humanitat"
28. Espanha - Alvaro Soler - "Sofia"

Recorde o vencedor da OGAE Song Contest 2016 - Kendji Girac e "Andalouse":


Fonte e Imagem: Wiwibloggs.com/ Vídeo: KendjiGiracVEVO
24/08/2016

JESC 2016: Geórgia confirma participação


A Geórgia anunciou a sua confirmação no Festival Eurovisão da Canção Junior 2016 (JESC 2016). Foram revelados alguns detalhes sobre a final nacional. 

Cantores dos 9 aos 14 anos de toda a Geórgia poderão participar na final nacional. Aos mesmos é pedido que submetam as suas canções para inscrição, uma fotografia e ainda o CV para  junioreurovision@gpb.ge até 25 de setembro. 

O vencedor do concurso representará o país no JESC 2016. 

A Geórgia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção Júnior em 2007 e já venceu por duas vezes: em 2008, com Bzikebi e “Bzz...” e em 2011 com Candy e a canção “Candy music”. Em 2015, o país foi representado por The Virus e a canção “Gabede”, alcançando o 10º lugar com um total de 51 pontos.

Recorde o representante do país no JESC 2015 - The Virus e "Gabede":


Fonte e Imagem: Wiwibloggs.com/ Vídeo: Junior Eurovision Song Contest
24/08/2016

JESC 2016: Irlanda confirmada


Depois de se estrear no ano passado, a TG4 anunciou a sua participação na edição deste ano do JESC.

O jornal irlandês Kildare Now dá como certa a presença da Irlanda no JESC deste ano que se irá realizar em Malta no mês de novembro. A final nacional que irá decidir o representante do país será em setembro sendo que a data exata ainda não é conhecida. 

A Irlanda estreou-se no Festival Eurovisão da Canção Júnior em 2015, com Aimme Banks e a canção “Réalta na Mara”, alcançando o 12.º lugar com um total de 36 pontos. 

Recorde "Réalta na Mara":


Fonte/Imagem: escportugal/Vídeo: JuniorEurovision.tv
22/08/2016

ESC 2017: Islândia confirmada


Apesar de ter falhado a final nos últimos dois anos, a RUV confirmou a presença na edição de 2017 do ESC.

Os detalhes sobre a forma de seleção do seu representante não foram dados a conhecer, no entanto, a emissora islandesa deverá voltar a apostar no Söngvakeppni como tem feito nos últimos anos. Com esta confirmação, sobe para 27 o número de países no ESC 2017 até ao momento.

A Islândia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1986 e o seu melhor resultado é um segundo lugar por duas vezes: em 1999, com Selma e a canção “All Out of Luck”, e em 2009, com Yohanna e a canção “Is It True?”. Em 2016 o país foi representado por Greta Salóme e a canção “Hear Them Calling”, alcançando o 14.º lugar na primeira semifinal com um total de 51 pontos.

Recorde "Hear them calling":


Fonte/Imagem: janelaesc/Vídeo: Eurovision.tv
22/08/2016

Arménia: conheça o júri da final nacional


A emissora armena revelou mais pormenores sobre a final nacional do país para o próximo ano e também os seis jurados que são bem conhecidos dos eurofãs.

Além de inovar na forma como irá escolher o representante armeno para 2017, a final nacional do país terá outro grande ponto de interesse: os seis jurados são cantores que representaram a Arménia anteriormente. Iveta Mukuchyan (2016), Essaï Altounian (2015), Aram Mp3 (2014), Inga (2009), Anush Arshakyans (2009, 2015), e Hayko (2007) são os escolhidos para avaliar os concorrentes. Cada um destes jurados irá guiar o seu grupo de concorrentes até aos espetáculos ao vivo que deverão começar em outubro. A final é esperada para a véspera de ano novo.

O Depi Evratesil será a final nacional armena, organizada pela primeira vez para escolher o representante do país no ESC 2017. Espera-se que a mesma dure aproximadamente 3 meses entre setembro e dezembro com audições e programas ao vivo.

Recorde "LoveWave":


Fonte/Imagem: eurovisionary/Vídeo: Eurovision.tv
22/08/2016